NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

É quase um momento histórico. O regresso em pleno às grandes feiras em Paris e ao contacto direto com os clientes fica assinalado nesta foto na Who’s Next, com os representantes das marcas portuguesas presentes a ladearem Eduardo Henriques, diretor da representação da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) em Paris.

A decorrer desde sexta-feira com a presença das marcas Concreto, Cristina Barros e Luís Buchinho, o certame que hoje fecha portas é uma das principais feiras mundiais de moda para mulher, tendo decorrido até ontem em paralelo com a Interfiliére, dedicada à moda íntima, onde também marcou presença a portuguesa Lemar.

 

“Um regresso em força com quatro empresas. As empresas ansiavam por um contacto físico com os seus clientes tradicionais e os seus potenciais clientes “, explicou o diretor da Associação Selectiva Moda, Manuel Serrão, em declarações à Agência Lusa.

 

“O regresso às feiras em formato físico neste mercado é crucial para a retoma económica das nossas empresas, sendo um meio privilegiado para encontrar clientes e impulsionar as vendas, embora não o único”, referiu ainda o diretor da AICEP em Paris, Eduardo Henriques.

 

O destaque e importância da representação portuguesa fica desde logo estampado no convite que a Who’s Next” dirigiu à Concreto para figurar no espaço destinado a marcas tendência para a próxima estação, mas a responsável da marca, Teresa Marques Pereira, aponta desde logo às vantagens do regresso físico a estes encontros.

 

“A Concreto tem no seu ADN a malha retilínea e apesar de muitas feiras digitais, por mais veia comercial que tenhamos, pôr a mão no tricot e ver o seu conforto e acabamento faz toda a diferença”, sublinhou a CEO da Concreto.

 

A participação das empresas portuguesas na Who’s Next e Interfilière é uma iniciativa da Selectiva Moda e da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto From Portugal é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Partilhar