NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Apenas seis Estados-membros já excederam o número de voos na comparação com setembro de 2019 (antes da pandemia da covid-19), com a Grécia à cabeça (10,9%), seguida por Portugal (9,0%), Chipre (5,9%), Croácia (2,6%), Irlanda (1,4%) e Malta (0,7%).

Portugal é um dos seis Estados-membros da União Europeia (UE) que ultrapassou, em setembro, o número de voos comerciais face ao mesmo mês de 2019, com o conjunto dos 27 Estados-membros a ficar 8,9% aquém, divulga esta quinta-feira o Eurostat.

Na UE, o número de voos comerciais aumentou, em setembro, 7,9% para os 605.806, face ao mesmo mês de 2023, mas está ainda 8,9% aquém dos níveis pré-pandemia da covid-19.
 

De acordo com o serviço estatístico da UE, a mesma tendência homóloga foi observada em junho (6,9%), julho (7,4%) e agosto (6,6%), mas abaixo dos valores de 2019: -10,4%, -9,0% e -8,5%, respetivamente.

Segundo o serviço estatístico da UE, apenas seis Estados-membros já excederam o número de voos na comparação com setembro de 2019 (antes da pandemia da covid-19), com a Grécia à cabeça (10,9%), seguida por Portugal (9,0%), Chipre (5,9%), Croácia (2,6%), Irlanda (1,4%) e Malta (0,7%).

Em contraste, a Letónia (-30,4%), Finlândia (-30,2%), Estónia (-25,4%), Suécia (-24,1%) e Eslovénia (-22,9%) são os países mais afastados dos valores de 2019.

 

Em Jornal de Negócios

Partilhar