NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Solução tecnológica que está a ser implementada pela CIM Viseu Dão Lafões é dada a conhecer em maior evento mundial sobre cidades e regiões inteligentes.

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai dar a conhecer em Espanha o trabalho que está a ser desenvolvido a nível tecnológico para monitorizar as estradas da região, numa feira mundial sobre a temática das Cidades e Regiões Inteligentes que decorre até sexta-feira.

Trata-se de uma solução visa a integração dos serviços de monitorização da manutenção da rede viária da região Viseu Dão Lafões, numa lógica intermunicipal. O programa – SGPAV ( Sistema de Gestão de Pavimentos) - permite, através de soluções de inteligência artificial, a recolha regular de dados relativos às condições do pavimento, integrando-os no Portal Geográfico da região, constituindo-se como um observatório permanente daquelas infraestruturas.

O evento, que arranca esta terça-feira e decorre até sexta-feira, decorre em Barcelona e recebe milhares de especialistas de todo o mundo, além de decisores políticos e representantes de empresas e organizações empenhados em melhorar as suas cidades. Dezenas de expositores e centenas de oradores estarão presentes em múltiplas sessões de apresentação.

“Foi com grande entusiasmo que a CIM Viseu Dão Lafões abraçou o desafio de participar neste evento, o mais importante que se realiza no mundo sobre cidades e regiões inteligentes. A inovação e a melhoria da sustentabilidade das nossas cidades são preocupações da CIM desde há muito. Orgulho-me de constatar que estamos na primeira linha das inovações tecnológicas a este nível, como vamos ter oportunidade de demonstrar no certame”, sublinha Fernando Ruas, presidente da CIM Viseu Dão Lafões.

A CIM Viseu Dão Lafões lidera uma missão de trabalho que integra presidentes dos municípios do território. A organização desta missão está a cargo da AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e da NOVA IMS, com o apoio da ANMP – Associação Nacional dos Municípios Portugueses e do Consulado Português em Barcelona. 

O evento vai dar a conhecer a experiência das cidades e regiões mais inovadoras do mundo na implementação de projetos em áreas como a energia, o desenvolvimento sustentável, o ambiente, a mobilidade e a segurança, entre outras. Os autarcas do território da CIM Viseu Dão Lafões terão a oportunidade de visitar a exposição e de participar nas apresentações, workshops e sessões informativas que se adequem às necessidades e ao perfil da região. 

“Os autarcas do nosso território vão dispor de uma oportunidade privilegiada para ficar a conhecer as melhores práticas e os melhores exemplos de gestão de cidades inteligentes. Tenho a certeza de que serão três dias muito enriquecedores para todos os participantes, que irão fazer germinar novas ideias que podem alavancar o desenvolvimento inteligente do território”, considera, por seu lado, Nuno Martinho, secretário executivo da CIM Viseu Dão Lafões.

Na edição deste ano da feira em Barcelona, o destaque vai para o tema da sustentabilidade, sendo apresentados exemplos das melhores práticas a este nível. Cidades inspiradas nas pessoas; cidades sustentáveis, em que os transportes públicos coexistem com novas opções de mobilidade;cidades inclusivas, onde as ruas e os serviços públicos são acessíveis a todos; cidades seguras, que abordam as preocupações de segurança e de privacidade; e cidades coletivas, onde a colaboração e a participação se conjugam para construir um futuro melhor e próspero, são alguns exemplos dos assuntos que irão ser abordados no evento. 

A CIM Viseu Dão Lafões estará igualmente presente na área de exposição “Smart Portugal”, em conjunto com outras organizações e empresas portuguesas do setor. Neste espaço, localizado numa zona central da feira, serão apresentados vários “casos de sucesso” a nível nacional. Já no dia 16, a CIM participa na mesa-redonda “Portugal Makes Sense - Smart Cities”, juntamente com a CIM Oeste e as empresas ALTICE, CEiiA, Focus BC e UBIWHERE.

Partilhar