NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os preços na produção industrial aumentaram, em novembro, 23,7% na zona euro e na União Europeia, face ao mesmo mês de 2020, puxados pela subida no setor da energia, divulga hoje o Eurostat.

Na variação homóloga, os preços da produção industrial no setor da energia avançaram 66% na zona euro e 64,9% na UE, enquanto no conjunto da indústria, excluindo a energia, aumentaram, respetivamente, 9,8% e 10,1%.

 

Na variação em cadeia, os preços na produção industrial subiram 1,8% na zona euro e 2,0% na UE.

 

Também face a outubro, o setor da energia foi o que apresentou um maior aumento dos preços de produção: 3,5% na zona euro e 4,5% na UE, com os restantes setores a registarem, no seu conjunto, um avanço de 0,9% e 1,0%, respetivamente.

 

Na variação homóloga, os preços na produção industrial subiram em todos os Estados-membros, com destaque para a Irlanda (87,9%), Dinamarca (51,7%) e Roménia (40,4%).

 

Face a outubro, a única baixa foi observada na Irlanda (-2,5%), com as maiores subidas a serem registadas na Dinamarca (10,3%), Bulgária (8,5%) e Roménia (7,3%).

 

Em Portugal, o indicador avançou 20,9% na comparação homóloga e 1,3% em cadeia.

Partilhar