NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

De entre 15 nacionalidades diferentes, os portugueses foram responsáveis por 60% das compras das casas inseridas nos projetos residenciais 'Uptown', 'Central' e 'Quintinhas', localizados em Vilamoura.

Há três projetos localizados em Vilamoura, no Algarve, que estão a chamar a atenção dos investidores e os portugueses lideram a lista. De acordo com o Diário Imobiliário, que adianta com a informação, de entre 15 nacionalidades diferentes, os portugueses foram responsáveis por 60% das compras das casas inseridas nos condomínios 'Uptown', 'Central' e 'Quintinhas', desenvolvidos pela promotora Vilamoura World.

 

Por sua vez, os britânicos representaram 17% das compras e os franceses 6%. A promotora faz também destaque para compradores oriundos dos Estados Unidos, Brasil e também do Japão.

 

“Detetamos uma alteração de hábitos tanto dos portugueses como dos estrangeiros, acentuando-se a tendência para um uso próprio das moradias do Central e do Uptown, seja permanente ou temporário, com cerca de 72% dos casos versus o arrendamento com 28%”, refere Miguel Palmeiro, administrador da Vilamoura World, com o pelouro comercial e de marketing.

 

Nas palavras do responsável, esta aderência deve-se ao facto da localização dos empreendimentos, bem como da oferta de serviços de restauração e redes digitais de telecomunicações.

 

As 31 habitações inseridas no 'Uptown' estão totalmente vendidas, enquanto no 'Central' faltam vender quatro dos 41 imóveis existentes. Já o Quintinhas, que dispõe de 25 lotes de terrenos disponíveis para a construção de moradias, está vendido em 92%, finaliza a plataforma.

Partilhar