NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

As exportações de mercadorias dos países lusófonos para Macau caiu 0,8% nos primeiros oito meses do ano, em comparação com o período homólogo do ano passado, segundo dados oficiais hoje divulgados.

O valor exportado pelos países de língua portuguesa para Macau fixou-se em 455 milhões de patacas (48,7 milhões de euros), no período em análise, de acordo com Direção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) de Macau.

 

Já o montante importado de mercadorias daquele território pelo bloco lusófono, no mesmo período, caiu 62,6%, ficando-se pelos quatro milhões de patacas (430 mil euros).

 

As exportações de mercadorias por Macau, entre janeiro e agosto atingiram as 8,89 mil milhões de patacas (950 milhões de euros), mais 28,2%, comparativamente a igual período de 2020, enquanto o valor importado de mercadorias foi de 101,4 mil milhões de patacas (11,44 mil milhões de euros), ou seja, mais 124,2%, em termos anuais, indicou a DSEC.

 

O défice da balança comercial de Macau nos primeiros oito meses do ano fixou-se em 92,45 mil milhões de patacas (9,9 mil milhões de euros), mais 54,17 mil milhões de patacas (5,8 mil milhões de euros), em comparação com o período homólogo do ano passado.

Partilhar