NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

“Alma de Lã” recebeu em Valência, na categoria de serviços, o mais importante galardão atribuído a filmes de turismo. O comité internacional de festivais de filmes de turismo distinguiu ainda mais três filmes portugueses.

O melhor filme de turismo do mundo é português e foi rodado numa antiga fábrica de lanifícios da Covilhã.

 

Avaliado ao longo de um ano por 10 diferentes júris dos maiores festivais do mundo, “Alma de Lã” recebeu em Valência, na categoria de serviços, o mais importante galardão atribuído a filmes de turismo.

 

Telmo Martins encontrou a matéria prima no New Hand Lab, uma antiga fábrica de lanifícios na Covilhã que agora é um laboratório criativo. Francisco, que herdou a fábrica do pai e que também aqui trabalhou, salvou com arte o espaço da ruína.

 

No festival de Valência, a equipa da Covilhã subiu por duas vezes ao palco. Conquistou também o terceiro prémio na categoria de produtos turísticos com o filme “A um palmo do céu” realizado em Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil.

 

O comité internacional de festivais de filmes de turismo distinguiu ainda mais três filmes portugueses: “Trabalhadores remotos em Cascais” com o 2.º lugar na categoria de cidades, “A nossa história em cada garrafa”, sobre a Quinta da Pacheca em Lamego, ficou em 3.º lugar na categoria de serviços turísticos e o filme “Monção deixa marca”, do realizador Leonel Vieira, conquistou a escolha do público.

 

Em SIC Notícias

Partilhar