NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Pleo vê "um enorme potencial de crescimento" em Portugal, mercado que entende ser "chave", considerando que "a gestão de despesas é atualmente uma das tarefas que mais tempo e recursos consome às empresas" nacionais.

A Pleo, plataforma europeia descrita como líder em gestão de despesas, reforçou, esta segunda-feira, a aposta em Portugal, com a abertura de um escritório maior em Lisboa, com capacidade para 300 pessoas, "com o objetivo de responder ao forte e rápido crescimento registado no mercado nacional, fundamental para a sua estratégia de expansão".

Em comunicado, enviado às redações, a Pleo indica que este "hub", o nono na Europa, instalado num edifício de sete andares, com uma área de 1.400 metros quadrados, no coração do distrito financeiro da capital, na Rua Duque de Palmela, tem capacidade para 300 colaboradores, "depois de a equipa da Pleo sediada em Lisboa ter mais do que duplicado desde a sua entrada em Portugal, em julho de 2022". Atualmente, são 122.
 
Além do processo de recrutamento que a empresa tem em curso, a Pleo adianta que pretende "continuar a ajudar as empresas portuguesas a encontrarem soluções inovadoras e modernas para consolidarem e fazerem a gestão de despesas empresariais". "Exemplo do crescimento da empresa é a sua base de clientes, que já atingiu 30.000 empresas em toda a Europa, e que conta com marcas reconhecidas, como a Acciona, Pastelerías Mallorca, Scalpers, Odisseias, E-Goi e Avante asesores", enfatiza.
 
"Ao longo dos últimos anos, Portugal emergiu como um centro 'fintech' de referência na Europa, repleto de negócios inovadores e com visão de futuro e, por isso, foi sempre um passo fundamental na nossa estratégia de expansão", diz o chief revenue officer da Pleo, Arun Mani, citado na mesma nota, apontando que a Pleo vê "um enorme potencial de crescimento, uma vez que a gestão de despesas é atualmente uma das tarefas que mais tempo e recursos consome para as empresas portuguesas".

"Já trabalhamos com cerca de 30.000 empresas clientes em 16 mercados, número que irá crescer com as novas colaborações no mercado português", antecipa.

Arun Mani diz ainda que o objetivo é "acelerar o crescimento", "disponibilizando a Pleo a ainda mais empresas com visão de futuro em Portugal, que é um mercado chave para nós".
 

Na inauguração do novo espaço esteve o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, que destacou que, "nos últimos dois anos, Lisboa tem vindo a assistir a um crescimento extraordinário na sua capacidade em atrair empresas inovadoras".

"Já são 12 os unicórnios que decidiram instalar-se em Lisboa desde que lançámos a 'Unicorn Factory'. Em conjunto anunciaram 1.500 postos de trabalho, o que é um contributo muito importante para que os nossos jovens talentosos possam ficar no país. A Pleo junta-se agora a este ecossistema que estamos a criar", afirmou, citado na mesma nota.

 

Em Jornal de Negócios

Partilhar