NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

São esperadas mais de mil empresas num evento que vai já na sua 17ª edição e que pretende ajudar à internacionalização e diversificação de mercados.

O Portugal Exportador, iniciativa da Fundação AIP em parceria com o Novobanco e a AICEP, está de volta dia 23 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa. O objetivo é ajudar as empresas nacionais a iniciarem um processo de internacionalização ou a diversificarem a sua presença nos mercados externos.

 

Esta é a 17ª edição do evento que, nos últimos 16 anos, "ajudou milhares de empresas e empresários a chegar a novos mercados e a iniciar os seus processos de exportação". Workshops e cafés temáticos ou encontros B2B com embaixadas e câmaras de comércio são algumas das atividades disponíveis. Haverá ainda a possibilidade de contactar com web buyers alemães, brasileiros, colombianos, mexicanos, britânicos ou de Singapura, entre outros. Falamos de um evento nacional que disponibiliza ferramentas e proporciona contactos necessários às empresas que querem exportar e/ou iniciar o processo de internacionalização.

 

Com mais de mil empresas portuguesas envolvidas, o Portugal Exportador irá permitir o contacto com potenciais fornecedores de serviços que ajudam as empresas a dar salto digital bem como promover a utilização de ferramentas como o diagnóstico de prontidão digital, que avalia as empresas em termos de conectividade, comércio eletrónico, big data, pagamentos e segurança.

 

E para os que pretendem dar os primeiros passos nos mercados internacionais, o evento conta com o Nursery Lab, uma zona criada especificamente para empresas que pretendam iniciar a exportação, onde poderão conhecer case studies e empresas de importação e exportação interessadas em conhecer novos clientes. Poderão ainda fazer um diagnóstico à exportação, mediante o qual definirão o perfil de cliente do mercado onde a empresa vai atuar, bem como calendarizar a entrada da mesma. Aqui terão ainda possibilidade de conhecer as particularidades de cada mercado e os obstáculos a ultrapassar.

Partilhar