NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Startup tem por objetivo permitir aos clientes extrair mais valor dos dados que possuem, através da sua plataforma de análise preditiva que atua desde a recolha à seleção e normalização dos dados, gerando indicadores de gestão.

Starkdata, que se dedica à análise de dados empresariais através de inteligência artificial (IA), foi distinguida pela Web Summit como "world's leading early stage startup", depois de ter participado na Pitch Competition da edição de 2023 da conferência tecnológica.

 

De origem portuguesa e nascida em 2019, a empresa já tinha vencido o programa de inovação DisrUPtion, promovido pelo grupo Nabeiro, que contribuiu para impulsionar o crescimento da startup.

 

A sua plataforma SaaS (softawre as a service) trata-se de uma solução de No-CodeAI, agnóstica e escalável, que permite uma adaptação eficaz às necessidades individuais de cada empresa. Acompanhando todo o processo de análise preditiva, que vai desde a recolha à seleção e normalização dos dados das organizações, passando pela geração de indicadores de gestão, a Starkdata oferece às empresas a possibilidade de extrair mais valor dos dados que possuem.

 

Na perspetiva do CEO da startup portuguesa, Paulo Figueiredo, "a abordagem centrada no cliente e orientada em função de dados é a chave para relações mais fortes e duradouras".

 

A startup prioriza ainda a utilização ética de IA através da sua framework de Responsible AI, promovendo a transparência e responsabilidade em todas as fases do processo e garantindo a segurança e privacidade dos dados dos seus clientes.

 

em Dinheiro Vivo

Partilhar