NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A ausência de público no Grande Prémio de Portugal de MotoGP devido à pandemia de covid-19 "reduz substancialmente" o impacto económico e mediático que a prova poderia alcançar, defendeu hoje a principal associação hoteleira do Algarve.

"Neste contexto atual, o grande impacto do MotoGP, tal como a Fórmula 1, é a cobertura mediática internacional. Não havendo espetadores e, sobretudo, espetadores vindos do exterior, é óbvio que se reduz substancialmente o impacto económico desse evento", afirmou à Lusa o presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

 

Mais aqui

Partilhar