NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Biomespace é uma empresa luso-francesa dedicada a uma nova geração de habitações, totalmente autónomas, eco responsáveis, sustentáveis, sem qualquer ligação à rede de água, saneamento e energia, deixando assim uma pegada nula.

A Biomespace, empresa de construção de habitações sustentáveis, vai investir, nos próximos quatro anos, cerca de 15 milhões de euros (ME) em Idanha-a-Nova, valor que inclui a instalação de uma unidade de produção.

 

"A Biomespace é uma solução habitacional que está inserida na estratégia de sustentabilidade deste concelho enquanto biorregião, premiada pela União Europeia", explicou o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

 

O autarca deste município do distrito de Castelo Branco disse ainda que a construção da unidade de produção da Biomespace vai ser na Zona Industrial de Idanha-a-Nova, em lotes já definidos e aprovados pela Câmara Municipal.

 

"Com investimento francês e português, esta nova geração de habitações ecológicas e sustentáveis apresenta características únicas. A ideia é exportar de Idanha-a-Nova para o mundo uma solução ecológica", acrescentou.

 

Armindo Jacinto salientou ainda que vai ser celebrado um protocolo de colaboração entre a empresa e o município, no sentido de fomentar o seu desenvolvimento, bem como da captação de mão de obra qualificada, a residir em Idanha-a-Nova, e na captação de outras empresas satélites para o concelho.

 

A Biomespace é uma empresa luso-francesa dedicada a uma nova geração de habitações, totalmente autónomas, eco responsáveis, sustentáveis, sem qualquer ligação à rede de água, saneamento e energia, deixando assim uma pegada nula.

 

No plano da tecnologia usada nestas habitações, sobressaem a produção de energia (armazenada em baterias de alta capacidade) com painéis fotovoltaicos, a recuperação e filtragem da água da chuva, da humidade do ar e o tratamento das águas cinzentas, das águas negras através de sanitas autónomas com desidratação e carbonização hipotérmica.

 

Em Dinheiro Vivo

Partilhar