NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Entidade regional de turismo vai dar a conhecer a filigrana de Gondomar na Expo Dubai 2020, numa ação que vai ter lugar no Pavilhão de Portugal, entre 7 e 12 de dezembro.

O Turismo do Porto e Norte de Portugal promove, entre 7 e 12 de dezembro, uma iniciativa que vai colocar a filigrana de Gondomar em destaque no Pavilhão de Portugal na Expo Dubai 2020 e que pretende mostrar a oferta de turismo de luxo que a região do Porto e Norte tem para oferecer.

 

“Numa iniciativa conjunta do Turismo do Porto e Norte, Câmara Municipal de Gondomar e AICEP, estarão em permanência no auditório do Pavilhão artesãos a mostrar in loco a minúcia da filigrana, promovendo esta arte que quer ser reconhecida como Património Cultural Imaterial da Humanidade”, explica a entidade regional de turismo em comunicado.

 

Mais do que dar a conhecer esta arte típica da região Norte, esta ação pretende também posicionar a região no turismo de luxo, até porque o Dubai e o Médio Oriente são mercados com “especial apetência para tudo o que é luxo”.

 

De acordo com Luís Pedro Martins, presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, esta ação, “para além de conquistar uma nova oportunidade de comunicação e promoção do destino num grande palco mundial, reforça o posicionamento no segmento de turismo de luxo, numa oferta qualificada que evidencia, cumulativamente, o saber fazer português junto de um mercado de alto rendimento e com um comportamento em viagem que se projeta como um dos mercados internacionais que mais crescimento terá nos próximos 10 anos”.

 

Para o responsável, estes grandes eventos mundiais são “excelentes momentos para comunicar com novos parceiros, órgãos de comunicação, operadores e opinion leaders”.

 

Além de estar presente na Expo Dubai 2020, a filigrana de Gondomar é também candidata ao Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, com o Turismo do Porto e Norte de Portugal a revelar que a autarquia de Gondomar pretende também candidatar a filigrana a Património Cultural Imaterial da Humanidade, esperando-se que a presença na Expo Dubai possa vir a “impulsionar esta candidatura”.

Partilhar