NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O secretário de Estado da Transição Digital, André de Aragão Azevedo, anunciou 30 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para apoiar as primeiras 15 mil certificações de empresas.

A iniciativa faz parte do Plano de Ação para a Transição Digital, que tem como objetivo desenvolver selos de maturidade digital, certificando as boas práticas das empresas na área. Esta quinta-feira, dia 16 de dezembro foi lançada a Plataforma de Certificação e foram apresentadas as primeiras certificações, ainda só na área da cibersegurança, na Conferência “Selos de Maturidade Digital – Portugal Pioneiro na Certificação”, promovida pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda e pela Estrutura de Missão Portugal Digital.

 

A certificação é um importante contributo para a maturidade digital do nosso tecido empresarial ao induzir confiança e valor por via do cumprimento de requisitos nas várias dimensões associadas ao digital. O PRR veio permitir acelerar todo este processo através da alocação de 30 Milhões de euros para apoiar as primeiras 15.000 certificações.”, afirmou André de Aragão Azevedo.

 

O modelo nacional de certificação da maturidade digital já está definido e integra selos em quatro áreas: acessibilidade, cibersegurança, privacidade e sustentabilidade. Nestes domínios envolvem-se vários organismos setoriais que vão fazer a supervisão, entre os quais o Centro Nacional de Cibersegurança (CNC), a Agência para a Modernização Administrativa (AMA), a Direção-Geral das Atividades Económicas e a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

 

O PRR tem um papel acelerador nesta área e vão ser lançados os avisos para apoio às empresas que queiram fazer a certificação numa das quatro áreas, e aceder depois ao Selo.

 

A Sport TV foi uma das três primeiras empresas a obter o Selo de Maturidade Digital em cibersegurança, certificada pela APCER, e uma das duas com distinção prata, sendo que o objetivo é que o processo de certificação seja agora amplamente alargado e obtido por outras empresas e entidades.

 

Durante a cerimónia, o CEO da Sport TV, Nuno Ferreira Pires afirmou: “É urgente dar testemunho às lideranças empresariais, que ainda resistem a estas mudanças, clarificando qual é a real matriz de valor associada a uma transição digital maximizada.

 

Quem não iniciou já a sua transição digital, ou quem não considere ainda este um tema estratégico, corre sérios riscos de não operar no mercado futuro ou, operando, perder grande parte da sua competitividade”.

 

A Cycloid e a Sisqual também foram premiadas.

Partilhar