NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Miguel Stilwell, CEO da EDP, destca "marco" e diz que o objetivo é "chegar a 2,4 GW de capacidade instalada renovável nesta região até 2026".

A EDP Renováveis atingiu os 1GWp de capacidade solar instalada na região Ásia-Pacífico. O valor representa mais do dobro da capacidade instalada já existente quando adquiriu a Sunseap em fevereiro do ano passado, 480 MWp.

"Este é um marco importante para a empresa, pois demonstra o firme compromisso em acelerar a transição energética da Ásia-Pacífico, a mais recente região onde o grupo se encontra", refere a energética, em comunicado.

 

Dos 1 GWp instalados, 47% dizem respeito a parques solares em grande escala e 53% a projetos de energia solar descentralizada, instalados em edifícios de empresas ou em prédios residenciais. "A energia solar é um dos segmentos de crescimento mais rápido na região, prevendo-se que a capacidade instalada triplique até 2026, num crescimento sustentado pelo aumento dos objetivos de descarbonização na região", detalha a companhia.
 

Miguel Stilwell, CEO da EDP, diz continuar a ver "novas oportunidades de investimento atrativas" e que o objetivo é "chegar a 2,4 GW de capacidade instalada renovável nesta região até 2026".

A energética está presente em nove mercados da Ásia-Pacífico, sendo Singapura o mais recente do portefólio. No total, de acordo com o comunicado, a empresa tem uma "capacidade instalada de 510MW (50%) no Vietname, 335MW (33%) em Singapura, 100MW (10%) na China e 75MW (7%) nos restantes mercados emergentes, incluindo Japão, Taiwan e Malásia".

 

Em Jornal de Negócios

Partilhar