NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

No topo do ranking de melhores países para visitar de forma segura contra a variante Delta estão países europeus, como a Noruega, Países Baixos e Finlândia. Portugal está em 28º lugar.

A pandemia ainda continua a afetar o turismo e viagens internacionais que, antes, eram regra, especialmente durante o verão. Com a variante Delta, a situação torna-se ainda mais instável. O ranking de resiliência à Covid-19 da Bloomberg mostra que a variante Delta destronou países que se encontravam há muito tempo nos primeiros lugares na lista dos melhores destinos e elevou outros que, normalmente, estão bem mais abaixo.

 

Segundo o ranking, o país mais resiliente à Covid-19, no qual as pessoas podem circular com mais liberdade e em que a vacinação está mais avançada, é a Noruega. O país já vacinou 60% da população e reabriu as fronteiras a viagens internacionais. Em segundo e terceiro lugar estão os Países Baixos e a Finlândia, respetivamente, graças às poucas mortes, ao ritmo rápido de vacinação e incentivos às viagens internacionais.

 

Nove dos 10 primeiros lugares no ranking estão ocupados por países europeus, com a vizinha Espanha em 10.º lugar. A única exceção é Singapura, em oitavo lugar. Portugal situa-se no 28º lugar, beneficiando do facto de ser dos países com maior percentagem de pessoas com a vacinação completa contra a Covid-19.

 

Por outro lado, a Nova Zelândia passou de estar em 1º no ranking dos países mais seguros neste contexto de Covid-19 para uma queda de 26 lugares, depois de ter imposto um confinamento geral para diminuir o número de casos de infeção registados.

 

nos países asiáticos, como a China e o Vietname, a Delta não está a dar tréguas nem a dar sinais de abrandar, avança a Bloomberg. A China encontra-se em 24º lugar, enquanto o Vietname está bem mais abaixo, na 50ª posição. A variante Delta também fez com que os Estados Unidos da América e Israel caíssem no ranking, devido ao aumento de infeções: estão em 25º e 36º, respetivamente.

Partilhar