NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Stratesys, hub tecnológico entre Europa e América, identificou as três tendências que mais se destacam no sector de Bens de Consumo para 2024.

Marketing Experiencial através da criação de experiências únicas e personalizadas, na maioria dos casos phygital:

Consiste em envolver os clientes em eventos, demonstrações de produtos, degustações, actividades de networking e outras tácticas que lhes permitem experimentar em primeira mão os produtos e serviços da empresa. O objectivo do marketing experiencial B2B é criar conexões emocionais e duradouras entre a marca e os consumidores, o que pode aumentar a sua lealdade, gerar recomendações e até impulsionar as vendas e crescimento da empresa. Estas acções não são novas, mas a sua tendência permanece, devido à proximidade que criam com o cliente e às taxas de conversão que alcançam. Além disso, há o elemento phygital, que permite criar experiências híbridas e continuar o relacionamento com o cliente após a acção realizada.

 

Marketing impulsionado pela IA:

 

Para empresas B2B, onde os processos comerciais geralmente têm mais interacções do que em sectores como retalho, a Inteligência Artificial pode simplificar processos como a recolha de informações sobre o comportamento do cliente ou a activação de acções associadas a esses eventos ou comportamentos. Para obter resultados, é necessário buscar suporte em soluções de IA que permitam acesso em tempo real aos dados dos utilizadores, analisá-los e automatizá-los.

 

Narrativa baseada em dados:

 

É uma das estratégias mais populares para empresas B2B que querem criar conteúdo relevante e atraente para o seu público-alvo. Utilizando histórias e dados, as empresas podem mostrar como os seus produtos ou serviços ajudam os seus clientes a superar desafios e alcançar os seus objectivos.

 

em Marketeer.

Partilhar