NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A TAP foi a companhia aérea líder em transporte internacional de/para o Brasil, com um total 33% superior à segunda maior, a brasileira LATAM, e 166,7% mais que as terceiras maiores, a alemã Lufthansa, a norte-americana United e a brasileira Azul.

Dados da autoridade aeronáutica brasileira ANAC indica que em Agosto o Brasil teve 24 mil passageiros de voos TAP, correspondendo a 19,8% do total de passageiros de voos internacionais de/para o país.

 

Esse total representa um aumento em 118,2% relativamente ao mês de Julho, mas fica 86,3% ou 86,3% ou 148 mil abaixo de Agosto de 2019, em que a TAP foi a 3ª maior companhia em passageiros de voos internacionais de/para o Brasil, com 172 mil, depois das brasileiras LATAM, com 478 mil, e da GOL, com 186 mil.

Este Agosto, de acordo com os dados da ANAC Brasil, a TAP foi nº 1, com 24 mil passageiros, à frente da LATAM, com 18 mil, da Lufthansa, da United e da Azul, cada uma delas com nove mil.

 

Depois estiveram a Air France, com oito mil, a KLM, também com oito mil, a Aeroméxico, com sete mil, a Qatar Airways, com seis mil, e a American Airlines, com quatro mil.

 

A Aeroméxico foi neste Top10 de voos internacionais para o Brasil no mês de Agosto, a que teve a menor queda relativa, com -47,9% que há um ano, seguindo-se a Qatar, com -77,7%, a Lufthansa, com -78,4%, a KLM, com -82,6%, a United, com -85,8%, e a TAP, com -86,3%.

 

Segundo a autoridade brasileira, o país teve em Agosto um total de 118,5 mil passageiros de voos internacionais, representando uma quebra média do tráfego aéreo internacional em 94,2% que se traduz num decréscimo de 1,93 milhões de passageiros.

 

Nos 12 meses terminados em Agosto, a quebra é de 45,3% ou 11 milhões de passageiros, ficando em 13,37 milhões.

 

A TAP é a terceira maior neste período, com 1,003 milhões de passageiros, depois da LATAM, com 2,954 milhões, e GOL, com 1,121 milhões, e à frente designadamente da Azul, com 831 mil, e da American, com 665 mil.

 

A TAP tem nesses 12 meses uma quebra de 42,9% ou 754 mil passageiros, a LATAM tem -48,6% ou menos 2,78 milhões, a GOL tem -45,7% ou menos 942 mil, a Azul tem -35,7% ou menos 462 mil e a American tem -48,4% ou menos 623 mil.

Partilhar