NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O "Portugal – Japan Investment Seminar" decorreu no dia 3 de dezembro, na sede do Financial Times, em Londres. António Costa, primeiro-ministro de Portugal, participou no evento.

O seminário teve como objetivo a apresentação de Portugal junto de empresas japonesas baseadas em Londres, enquanto destino de investimento e, nomeadamente, como uma alternativa ao Reino Unido num contexto Brexit.

 

Estiveram presentes 32 empresas, das quais 17 foram sinalizadas como especialmente relevantes pela AICEP. Estas empresas são estrategicamente interessantes para Portugal, não só por serem grupos de grande dimensão, mas também porque as respetivas áreas de atividade revestem-se de interesse para o país. São elas: produção de componentes automóveis, telecomunicações e tecnologia 5G, energias renováveis, farmacêutica, entre outras.

 

O turnover conjunto das 17 empresas ultrapassa os 700 mil milhões USD. Deste grupo, 9 já têm presença em Portugal.

Estas empresas, que em muitos casos se fizeram representar por altos decisores, aderiram com interesse ao evento.

 

De facto, fator-chave para o sucesso do seminário pode ter sido a diversidade das perspetivas apresentadas, nomeadamente, com:

- A abertura do evento pelo editor da fDi Magazine, Angus Cushley, a reconhecer o bom relacionamento do prestigiado suplemento dedicado a IDE e do próprio Financial Times com a AICEP e Portugal;

 

- A intervenção do presidente da AICEP, Luís Castro Henriques, a dar conta do forte histórico de projetos de investimentos e de expansão submetidos junto da agência desde 2016, no qual se incluem várias empresas japonesas, e a divulgar os serviços de apoio prestados pela agência a potenciais investidores;

 

- A intervenção do presidente do Portugal IN, Bernardo Trindade, a realçar a sólida relação bilateral Portugal – Japão e as atuais oportunidades emergentes dessa mesma relação;

 

- A discussão em painel entre Luís Matias (vice-presidente e Head of European Global Delivery Centers da Fujitsu Global), Yasunobu Ono (General Manager da operação da Marubeni Corporation em Lisboa) e Pernille Rudlin (Managing Director da Rudlin Consulting), que deram positivos testemunhos relativamente ao estabelecimento e à expansão das respetivas operações em Portugal;

 

- A intervenção do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias e do primeiro ministro, António Costa, a enfatizar a vontade do governo português em apoiar as empresas estrangeiras que tragam valor acrescentado a Portugal.

 

Ao seminário seguiu-se um cocktail de network, durante o qual oradores e participantes tiveram a oportunidade de interagir.

O trabalho será agora desenvolver contactos com as empresas japonesas presentes no evento que ainda não têm negócio em Portugal, ou com empresa japonesas que, apesar de já terem operações em Portugal, as possam querer expandir.

Partilhar