NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os portugueses acreditam que Beja é uma melhor opção de destino para o novo aeroporto, do que o Montijo, 18,8% considera que a capital do Baixo Alentejo é a opção acertada, comparativamente a 15,5% que aposta na margem sul do Tejo, de acordo com uma sondagem realizada pela Intercampus para a ‘CM’, ‘CMTV’ e ‘Negócios’.

No entanto, a grande maioria dos inquiridos, cerca de 33,9%, preferiu não responder a nenhuma das duas opções apresentadas, muito provavelmente motivados pelas dúvidas dos autarcas, bem como pela crise, que já afecta o sector do turismo e que se pode expandir às diferentes áreas da economia, de acordo com especialistas.

 

Para além dos destinos Beja e Montijo, são ainda apresentadas outras opções para a localização do novo aeroporto, tais como Alcochete, escolha de 11,3% dos inquiridos, OTA que recolheu 7,4% das preferências e Alverca com 5,7%.

 

Cerca de 77,1% dos inquiridos consideram ainda que as populações residentes na área do novo aeroporto do Montijo deviam ser consultadas em referendo.

 

As câmaras do Seixal e da Moita têm discutido com o Governo sobre a localização do novo aeroporto. A lei exige um parecer favorável de todos os concelhos afectados pela nova infraestrutura, o que não aconteceu com o Seixal, cujo município é liderado por Joaquim Santos, e pela Moita, que tem à frente da câmara Rui Garcia. Os dois defendem a solução Alcochete. Na sondagem da Aximage, 59% dos inquiridos defendem o direito ao veto dos autarcas.

Partilhar