NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Empresa de Famalicão desenvolveu máscara social transparente para facilitar leitura labial. É direcionada a adultos e crianças com dificuldades auditivas e será comercializada dentro de duas semanas.

Com o mundo a enfrentar uma pandemia, as máscaras são praticamente obrigatórias, mas limitam a comunicação de uma grande parte da população surda ou com dificuldades auditivas. De forma a eliminar esse problema, o Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário (Citeve) desafiou a Elastoni que aceitou o desafio e, através da sua marca Be Angel, criou a máscara social transparente de forma a facilitar a leitura labial. A máscara é aprovada pelo Citeve e estará disponível no mercado dentro de duas semanas.

 

Mais aqui

Partilhar