NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O ISQ acaba de ganhar um contracto para a F4E (Fusion for Energy), um organismo da união europeia cuja missão é cooperar com a indústria e entidades de investigação no desenvolvimento e fabrico de componentes de ponta para o projeto de energia de fusão ITER, o maior investimento científico da atualidade.

O contrato de 2.700,000.00€ tem a duração de quatros anos, irá arrancar já em dezembro e o ISQ vai assegurar vários dos ensaios especiais. “Esta é a prova que a industria portuguesa é, hoje em dia, uma referência a nível internacional e consegue disputar em pé de igualdade grandes projetos onde concorrem os melhores do Mundo”, refere José Figueira, Administrador do ISQ. 

 

O projeto ITER é uma experiência destinada a atingir a próxima fase na evolução da energia nuclear, como meio de gerar eletricidade isenta de emissões. “Em condições laboratoriais, são reproduzidas as reações de fusão nuclear que ocorrem no interior das estrelas (ex: sol), num processo denominado nucleossíntese estelar, podendo vir a ser uma das tecnologias do futuro para a geração de energia elétrica renovável, limpa e mais barata”, acrescenta José Figueira.

“No âmbito do contrato com a F4E, o ISQ irá realizar ensaios destrutivos e não destrutivos a materiais e mock-ups que serão utilizados no reator nuclear experimental do ITER”, conclui o Administrador José Figueira. Estes ensaios serão feitos no Laboratório de Ensaios Especiais do ISQ (localizado em Castelo Branco), no Laboratório de Materiais - LABMAT e ainda no Laboratório de Ensaios Não Destrutivos – LABEND (estes dois últimos localizados em Oeiras, no campus do ISQ, no Tagus Park).

 

No fundo, o ISQ irá executar um conjunto de testes para validação de materiais, processos e sistemas, a temperatura ambiente e temperatura elevada, em vácuo ou atmosfera controlada, que envolverá engenharia de ensaios no fabrico de mock-ups e bancos de ensaio para apoio às atividades de engenharia para o ITER e outros projetos de fusão nuclear sob responsabilidade da F4E.

 

Além deste contrato, de salientar que o ISQ tem a decorrer outros projetos de grande relevância nas áreas do QA|QC  (Quality Assurance|Quality Control) e do Training com o ITER | F4E. É o caso da inspeção dos componentes que estão ser construídos para o reator nuclear a ser instalado em Cadarache (França),  contando para tal com uma equipa de 20 inspetores espalhados por diversos países europeus e na China, que asseguram que os componentes fabricados cumprem com os requisitos de qualidade.

 

O ISQ é reconhecido internacionalmente como um parceiro com experiência e elevada expertise no controle de qualidade, garantindo que os ativos dos seus clientes têm uma disponibilidade de operação elevada, o que contribui para a redução de custos de operação e manutenção.

Partilhar