NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Esta é a questão vital para os principais investidores imobiliários mundiais que vão estar reunidos em Portugal para o primeiro encontro no nosso país, organizado pelo GRI Club.

Responsáveis da TPG, a Round Hill Capital, a Norfin, a Square Asset Management e o Shaftesbury Asset Management Group, estão entre os participantes neste encontro que acontece entre os dias 21 e 22 de Maio, no InterContinental Lisbon.

 

No Portugal GRI 2019, irão estar presentes investidores globais e locais, responsáveis da banca, promotores e operadores para discutir tendências e oportunidades no mercado imobiliário português.

 

Como o mercado imobiliário de Lisboa se compara às cidades secundárias? Quando se trata de estratégias de entrada de investidores globais, eles devem "voar sozinhos" ou optar por parcerias locais? E embora possa haver muita procura residencial, onde está a equidade? Essas e outras questões serão debatidas à porta fechada.

 

O GRI é um formato exclusivo que não tem microfones nem apresentações. Em vez disso, todos são incentivados a participar, criando um ambiente dinâmico e uma troca fluída de ideias, tudo em um ambiente informal e de tertúlia.

 

Os participantes no Portugal GRI 2019 incluem Michael Abel, sócio da TPG, e Philippe Camus, CEO do Shaftesbury Asset Management Group, juntamente com representantes seniores e directores da Allianz Real Estate, APPII, ASG Homes, Benson Elliot Capital Management, Cale Street Parceiros, DEA Capital France, Fidelidade Propriedade, Ibero Capital Management, Invest Lisboa, JLL, Grupo JPS, Louvre Capital, LX Partners, MEXTO Property Investment, Novo Banco, Smart Studios, Sonae Sierra, SVP Global, Urbania, Propriedades Vanguard, Verus Real Estate, Violas Ferreira e Viventi Group.

Partilhar