NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Paulo Loureiro, empresário português e ex-director executivo do banco de investimento Morgan Stanley em Nova Iorque, fundou a Bondstone, uma empresa de investimento (“private equity”) e gestão de activos focada no sector imobiliário português.

Em comunicado, a Bondstone avança que planeia investir um total de 400 milhões de euros até ao final de 2021 em parceria com grandes grupos de investimento internacionais, apostando maioritariamente em projectos de reposicionamento e de construção nova.

 

A carteira de investimentos da Bondstone incluirá projectos em diferentes segmentos, nomeadamente residencial (para venda e para arrendamento destinado à classe média), escritórios, hotelaria, residências de estudantes e residências seniores, entre outros.

 

Segundo Paulo Loureiro, CEO da Bondstone, “acreditamos que faz sentido continuar a apostar no mercado imobiliário português devido ao seu reconhecimento recente como destino de investimento a nível internacional, às condições favoráveis para o estabelecimento de grandes empresas no país e à falta de habitação nova para a classe média”.

 

A Bondstone aliou-se recentemente à Universtone, um grupo internacional de investimento imobiliário que nos últimos 25 anos desenvolveu projectos residenciais e comerciais de grande escala em França, Bélgica e Coreia do Sul, com uma área total de construção de 870.000 m² e um valor comercial de 1,7 mil milhões de euros.

 

Paulo Loureiro, através da Louvre Properties (empresa que fundou em 2016), concentrou-se nos últimos anos no desenvolvimento de projectos residenciais de reabilitação de gama alta em Lisboa, Cascais e Porto. Os nove projectos (alguns já concluídos e outros em curso) representaram um investimento total de 100 milhões de euros. A Bondstone incorporou a equipa da Louvre Properties na sua estrutura, contando actualmente com 15 profissionais experientes com percursos diversificados que assumem a gestão dos projectos em todas as fases do seu desenvolvimento.

 

De forma a preservar a sua herança, a Louvre Properties manter-se-à, por enquanto, a marca do grupo Bondstone no segmento residencial de gama alta. Para além da sua equipa local, a Bondstone conta ainda com um conselho consultivo composto por executivos com elevada experiência no sector financeiro e imobiliário a nível mundial. Para além de Paulo Loureiro e de Arnaud Khodara, fundador da Universtone, o conselho integra ainda Francisco Perez (sócio da EverStream Capital Management, um fundo global de infraestruturas de energia renovável), Abdiel Santiago (que lidera um fundo soberano da América Central com 1,25 mil milhões de euros), Mark Taborsky (antigo executivo de grandes fundos norte-americanos como a PIMCO e a BlackRock) e Patrick Swint (fundador e CEO da Knightsbridge Ventures, uma plataforma internacional de “private equity” direcionada para o mercado imobiliário).

 

O empresário português adianta ainda que “após termos estado focados nos últimos quatro anos em projectos residenciais de reabilitação urbana decidimos alargar o nosso espectro de actuação para habitação destinada à classe média e para outros segmentos comerciais onde existem na nossa opinião oportunidades mais atraentes, tanto em projectos de reposicionamento como de construção nova. Por exemplo, o crescimento recente das rendas de escritórios, combinado com elevadas taxas de ocupação e reduzida oferta de novos espaços levou a um desequilíbrio entre procura e oferta que cria uma abertura para o desenvolvimento de novos projectos”, justificando o seu renovado compromisso com o mercado imobiliário português.

Partilhar