NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Grupo Frontier IP, especialista na comercialização de propriedade intelectual desenvolvida nas universidades, em conjunto com o Enterprise Hub da Royal Academy of Engineering, organizaram, no dia 8 de abril, um evento que marca o início da sua colaboração, tendo incluído empresas inovadoras portuguesas.

O evento, que juntou investidores, empresas, departamentos governamentais e parceiros comerciais, surgiu na sequência de um acordo entre as duas organizações, refletindo a sintonia de objetivos no que diz respeito ao investimento em novas empresas de engenharia e tecnologias. A temática do encontro foi a economia circular e a sustentabilidade.

 

As duas entidades convidaram investidores e representantes das empresas por si apoiadas, dando oportunidade às empresas de apresentarem o seu portefólio das mais recentes e ecológicas tecnologias. Igualmente, o evento contou com a presença de parceiros comerciais das empresas, bem como representantes de departamentos oficiais. Neste âmbito, a AICEP fez-se representar na pessoa do diretor da delegação de Londres, Rui Boavista Marques.

 

A Frontier IP, uma especialista na comercialização de propriedade intelectual desenvolvida nas universidades, já investiu em três spin-outs em Portugal. A primeira foi a NTPE, proprietária da tecnologia patenteada que imprime circuitos eletrónicos, sensores e semicondutores em papel. O segundo investimento foi na Des Solutio, que desenvolveu uma alternativa mais segura e ecológica para os solventes tóxicos usados na extração de ativos naturais (usados em variadíssimos produtos cosméticos, para a casa, etc.). Estes dois projetos estão associados à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova. A 12 de fevereiro de 2019, a Frontier IP anunciou o investimento na terceira spin-out em Portugal, a Insignals Neurotech, que patenteou dispositivos que atrasam o desenvolvimento de doenças como o Parkinson e outras do foro neurológico.

Partilhar