NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A diretora-geral do Departamento de Instituições Financeiras do Banco da China disse esta segunda-feira à Lusa que a Associação de Bancos de Macau vai acolher, ainda este mês, um encontro de governadores e líderes da banca lusófona.

A diretora-geral do Departamento de Instituições Financeiras do Banco da China disse esta segunda-feira à Lusa que a Associação de Bancos de Macau vai acolher, ainda este mês, um encontro de governadores e líderes da banca lusófona.

 

“No final deste mês vamos fazer um seminário para promover a cooperação entre bancos comerciais lusófonos e Macau, num encontro para o qual convidámos todas as associações de bancos dos países africanos que falam português e os departamentos comerciais e de investimento”, disse à Lusa Wendy Sun Min.

 

Em entrevista na delegação do Banco da China em Macau, a responsável pelo relacionamento com as entidades financeiras internacionais disse que o governador do banco central português, Carlos Costa, e o homólogo de São Tomé e Príncipe, Américo Barros, são duas presenças já confirmadas na conferência que decorre ainda este mês em Macau.

 

“Durante o evento, um seminário de alto nível, todos vão poder partilhar informações e ideias para construir uma relação de longo prazo”, disse Wendy Sun Min, acrescentando que a ideia é que não sejam apenas os banqueiros centrais a participar, mas também “os principais banqueiros da banca comercial para trocar ideias”.

 

A Associação de Bancos de Portugal, além da anfitriã e congénere de Macau, são duas presenças confirmadas, a que se juntam os governadores centrais de Portugal e São Tomé e Príncipe.

Partilhar