NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O evento de ‘networking’ “Net Me Up” realiza-se esta quarta-feira em Albufeira e conta com a presença da secretária de Estado do Turismo, de empreendedores, investidores e potenciais clientes destas empresas.

Empreendedores, investidores e empresários vão esta quarta-feira embarcar num navio atracado na marina de Albufeira para um pitch a bordo que pretende revitalizar o turismo do Algarve e do Baixo Alentejo, tornando-o mais inovador e competitivo.

 

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, irá participar neste evento de networking com uma intervenção sobre os incentivos à entrada das startups no setor turístico e 35 startups irão apresentar os seus projetos (tecnológicos e não tecnológicos) e procurar arrecadar 2 mil euros e seis meses de incubação.

 

A iniciativa, chamada “Net Me Up” e promovida pelo Turismo de Portugal e pelos Territórios Criativos em parceria com a AlgarExperience e a GEN Portugal, escolherá seis finalistas e, já em terra, esse grupo fará um discurso de três minutos, seguido de três minutos para perguntas dos jurados, e depois selecionar-se-á um trio de vencedores.

 

“A capacidade de inovação destas empresas é imprescindível para ajudar os negócios turísticos tradicionais a recriarem-se e a ultrapassarem as dificuldades criadas pela pandemia da Covid-19”, afirma Luís Matos Martins, CEO da Territórios Criativos.

 

“As startups são fundamentais para enfrentar a realidade criada pela pandemia da Covid-19: a sua intrínseca capacidade de inovação é imprescindível para ajudar os negócios turísticos tradicionais a recriarem-se e a ultrapassarem as atuais dificuldades”, diz.

 

No horizonte desta apresentação a bordo estão programas de apoio, como a terceira edição da Call Tourism, lançada em 30 de setembro pela Portugal Ventures e pelo Turismo de Portugal, com 10 milhões de euros disponíveis para investimento em projetos até janeiro de 2021 ou o Programa FIT – Fostering Innovation in Tourism, que coloca 1,2 milhões de euros para incubadoras de empresas promoverem o empreendedorismo, a inovação e a sustentabilidade no setor do turismo até julho de 2021.

  • Que projetos se procuram?
  • Mobilidade e consumo sustentável, de empresas e turistas
  • Experiência seamless ao longo do ciclo de viagem do turista
  • Segmentação e personalização de estratégias digitais das empresas e dos destinos
  • Otimização das operações de negócio das empresas ao nível da gestão e comercialização
  • Valorização dos ativos estratégicos da Estratégia Turismo 2027

Partilhar