NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A startup iLoF, uma spin-off do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), recebeu dois milhões de euros de um programa de aceleração para, através da inteligência artificial e da fotónica, combater o Alzheimer, financiado no âmbito do European Insitute for Innovation & Technology (EIT)

A iLoF é composta por três investigadores portugueses do INESC TEC, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) e do I3S: Joana Paiva (INESC TEC/FCUP), Luís Valente (INESC TEC) e Paula Sampaio (I3S/FCUP) - e ainda Mehak Mumtaz da Universidade de Oxford.

 

Os investigadores da spin-off nacional criaram um sistema portátil para servir de biblioteca de “impressões digitais” de várias doenças neuro degenerativas, permitindo testes rápidos e pouco invasivos em doenças como o Parkinson ou tumores cerebrais, usando apenas microlitros de sangue. Os investigadores querem agora unir esforços no combate à doença de Alzheimer.

 

O prémio alcançado pelos investigadores decorreu de um trabalho de seis meses em que a spin-off foi acelerada pelo "Wild Card", um programa organizado pelo EIT Health, criado para apoiar projetos altamente disruptivos de resposta aos principais desafios de saúde mundial. De entre centenas de projetos, e passando por uma intensa validação técnica e de mercado que incluiu Bootcamps e Hackathons em várias cidades europeias, a equipa foi recebendo mentoria e aconselhamento de experts da indústria mundial que ajudaram a guiar o projeto.

 

Entre os mentores atribuídos à equipa estão experts do CIMIT, um consórcio norte-americano composto pela Harvard Medical School, MIT ou entre outros.

 

A startup pode agora contar com o EIT Health no papel de investidor, o maior consórcio da área da saúde no Mundo, nascido de uma parceira público-privada entre o European Institute for Innovation & Technology (EIT), baseado em Budapeste, e centenas de parceiros da indústria da saúde espalhados por toda a Europa.

Partilhar