NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Portugal garantiu a presença neste certame, ao fim de dez anos sem participar em exposições mundiais ou universais. A data de realização do evento será decidida em fase posterior.

A realização da Expo Dubai 2020, que deveria iniciar-se a 20 de outubro próximo e encerrar as portas a 10 de abril de 2021, vai ser adiada, a pedido de muitos países participantes que estão a ser afetados pelo surto do coronavírus.

 

A data futura de realização do certame, em que Portugal marcava presença pela primeira vez ao fim de dez anos, será decidida numa fase posterior.

 

Num comunicado enviado há minutos, a organização da Expo Dubai 2020 reconhece que o impacto contínuo da Covid-19 obrigou os responsáveis deste evento a enfrentar uma situação global em movimento acelerado e imoprevisível.

 

“Nas últimas semanas temos estado a trabalhar de forma árdua, quer internamente, quer em consulta com os nossos ‘stakeholders’ dos Emirados Árabes Unidos e internacionais, para atualizar o impacto da Covid-19 nos nossos planos e preparativos para a Expo 2020 Dubai”, adianta o referido comunicado.

 

De acordo com esse docmento, “estes são tempos extraordinários e nós, juntamente como os nossos ‘stakeholders’, prevemos passar por muitos desafios nos próximos meses”.

 

“Mantemo-nos firmes no nosso objetivo coletivo para apresentar uma Expo que seja fiel ao seu tempo e às nossas partilhadas e urgentes prioridades. Mas é claro que este não o tempo certo”, defende o comunicado da organização, acrescentando que “enquanto toda a gente envolvida na Expo Dubai 2020 se mantém totalmente empenhada, muitos países foram significativamente impactados pela Covid-19 e expressaram a sua necessidade de adiar a abertura da Expo por um ano, enquanto se focam na superação deste desafio”.

 

A organização da Expo Dubai 2020 revela que, “num espírito de solidariedade e unidade, apoiamos a proposta para avaliar o adiamento em um ano efetuada na reunião do ‘steering committee'” do evento, adiantando que “iremos seguir os processos do BIE – Bureau International des Expositions na concretização da decisão de adiar a Expo 2020 Dubai”.

 

“O BIE irá agora trabalhar com os Estados membros e com a Expo 2020 Dubai para estabelecer uma mudança de datas”, avança a organização do evento, recordando que esssa decisão só pode ser tomada em assembleia geral do BIE, requerendo uma maioria de dois terços dos Estados membros presentes.

 

“Sempre tivemos a ambição de organizar uma Exposição Mundial que inspire as pessoas, demonstrando os melhores exemplos de colaboração, inovação e cooperação em todo o mundo. Acreditamos que agora, mais que nunca, a humanidade necessita de se associar para relembrar o que nos une”, apela a organização da Expo Dubai, assegurando que “permanece a ambição partilhada por todos nós envolvidos nesta Expo”.

 

O referido comunicado garante também que “este não é um cancelamento, mas também temoo um papel a assumir para manter todos os enviolvidos saudáveis e bem”.

 

“Mantenham-se em casa. Masntenham-se em segurança. E nós partilharemos convosco futuros desenvolvimentos quando nos for possível”, conclui o comunicado da organização da Expo Dubai.

Partilhar