NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Portugal tem reputação robusta e sobe mais de 10 pontos em 5 anos.

Muito suportada pelos excelentes valores atingidos nos critérios do ambiente social, a reputação de Portugal vista pelos olhos de portugueses e estrangeiros continua a superar os valores já robustos alcançados em 2017 e a manter a trajetória ascendente dos últimos anos. Mas não são só os valores mais altos no ambiente social que se destacam: o ambiente político e o ambiente económico viram também as suas classificações subir na perceção interna e externa do país. Estas são algumas das conclusões agora divulgadas da edição de 2018 do Country Reputation Report, estudo que analisa anualmente as reputações de 60 países nas áreas social, política e económica. Realizado no primeiro semestre deste ano, o estudo é conduzido em Portugal pela consultora ONSTRATEGY.

 

De acordo com os resultados do estudo, a melhoria na visão externa do país é suportada pela subida em alguns critérios chave: a ética e transparência governativa, a implementação de medidas sociais e económicas progressivas, a qualidade dos produtos e serviços produzidos em Portugal, a valorização da educação por via das universidades portuguesas, os avanços na tecnologia, e a segurança.

 

Há um nivelamento entre a perceção externa e perceção interna do que se passa em Portugal.

Com exceção da dimensão de Governo, as dimensões de Economia e Sociedade recolhem opiniões muito alinhadas sobre o que se passa em Portugal. Apesar da diferença que se regista entre as perceções associadas ao Governo pelos públicos interno e externo, sendo que estes últimos vêm com melhor reputação o ambiente político em Portugal, a evolução da perspetiva nacional é notável: uma subida de quase 20 pontos (numa escala de 0 a 100) em 5 anos. “O estudo evidencia uma confiança crescente na eficiência do Governo e no alinhamento e cooperação das principais forças políticas, Governo e Presidência da República – que se destaca face a muitos outros países. Isto é visível tanto do ponto de vista interno como externo, sendo reforçado na perspetiva internacional pelo facto de termos vários ex-governantes portugueses a atingir cargos internacionais como é o caso de António Guterres na ONU”, justifica Pedro Tavares, Partner e CEO da ONSTRATEGY.

 

Portugal mantem níveis de excelência no ambiente social aos olhos nacionais e internacionais, sendo esta a dimensão em que todos os atributos atingirem os valores mais elevados. A avaliação externa atribui indicadores muito elevados a atributos como a segurança, a beleza, o bem-estar e a cordialidade que oferecem um estilo de vida muito atraente, nesta dimensão ressalta o orgulho nacional em que os Portugueses conseguem dar uma avaliação geral superior à dos estrangeiros.

No que respeita aos comportamentos que resultam da perceção de reputação do país (viver, visitar, estudar, trabalhar, comprar e investir), o que recolhe menor intenção continua a ser o associado ao investimento; todos os outros atingem já resultados excelentes ou robustos tanto junto do publico externo como interno.

 

Neste estudo participam anualmente 40 países e respondem 3 000 indivíduos em cada um, sendo estes representativos da sociedade local em termos de género, idade e grau de formação. Em Portugal, cumprindo os mesmos critérios participam 40 000 cidadãos.

Partilhar