NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

As diferenças culturais entre portugueses e japoneses também chegam às empresas. Os nipônicos planeiam a longo prazo, dificilmente alteram planos, só tomam decisões quando há consenso e não perdoam atrasos. Quem trabalha com eles admite que nem sempre é fácil entrar nesse registo.

Esta terça-feira, 11 de fevereiro, comemorou-se o Dia da Fundação Nacional do Japão. Foi o mote para irmos conhecer uma empresa japonesa em Portugal e uma companhia lusa que exporta vinho para o Japão. Os laços históricos que unem os dois países ainda hoje abrem portas nos negócios, garantem.

 

Leia mais aqui.

Partilhar