NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

As fases de projeto e construção terão um prazo de execução de 720 dias e as de operação e manutenção um prazo de oito anos.

A Mota-Engil assinou dois novos contratos para um projeto de construção, operação e manutenção por um período de 10 anos de duas redes de estradas na República do Quénia no valor de 100 milhões de euros, revelou a construtora em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta sexta-feira.

 

A construtora informa que este valor “será faturado ao longo do período de construção e manutenção”, sendo que  as fases de projeto e construção terão um prazo de execução de 720 dias e as de operação e manutenção um prazo de oito anos.

 

No mesmo documento a Mota-Engil indica que estas adjudicações “aumentam a sua carteira de encomendas na região de África, através de contratos de longo prazo, permitindo uma estabilidade na atividade e nos fluxos financeiros provenientes deste continente”.

Partilhar