NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A moeda angolana voltou hoje a bater mínimos históricos face à europeia e norte-americana, estando quase nos 50% de depreciação desde que, a 09 de janeiro de 2018, as autoridades de Luanda puseram fim à taxa de câmbio fixa.

Segundo dados do Banco Nacional de Angola (BNA), a moeda angolana transaciona-se hoje a 368,628 kwanzas/euro e 330,519 kwanzas/dólar, ultrapassando os anteriores mínimos de 368,533 kwanzas/euro e a 328,256 kwanzas/dólar registados a 15 deste mês.

 

Desde 09 de janeiro de 2018, dia em que as autoridades de Luanda puseram termo à taxa de câmbio fixa e começaram a vender aos bancos comerciais as divisas em leilão, primeiro trissemanais e atualmente diárias, o kwanza depreciou-se 49,705% face ao euro e 49,800% frente ao dólar.

 

Em janeiro de 2018, um euro equivalia a 185,4 kwanzas, enquanto um dólar se transacionava a 165,92 kwanzas.

 

A moeda angolana atingirá uma depreciação de 50% frente à europeia quando for transacionada a 370,800 kwanzas/euro. O mesmo sucederá em relação à norte-americana quando chegar aos 331,860 kwanzas/dólar.

 

Em janeiro, mas deste ano, um euro equivalia a 352,828 kwanzas, enquanto o dólar era transacionado a 310,158 kwanzas.

 

Hoje, no mercado paralelo, o euro está a transacionar-se entre os 500 e 520 kwanzas, enquanto o dólar se mantém entre os 420 e 440.

Partilhar