NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Com algum excesso, poderíamos afirmar ainda há pouco tempo que o mercado de escritórios no Porto “não existia”… Hoje o caso muda de figura.

A Predibisa Corporate, por exemplo, acaba de anunciar que foi responsável pela colocação de uma área total de 42.605 m2, comercializada em 2018 no Grande Porto. Esclarece ainda a empresa, que “Apesar do registo na procura por novas instalações e entrada de novas empresas na região, foram a mudança de instalações e a expansão de empresas que dominaram mais de metade dos negócios concretizados”.

 

O edifício Urbo Business Center, em Matosinhos, com a instalação do BNP Paribas e o novo centro tecnológico de I&D do Prozis Group, na Maia, foram as maiores transacções do ano na região, colocadas pela Predibisa, ambas com uma área de mais de 15 mil m2 – refere a consultora.

 

“2018 foi muito representativo no segmento de escritórios no Grande Porto, confirmando o elevado dinamismo no ciclo de procura ao longo dos meses — adianta Graça Ribeiro da Cunha, responsável da Predibisa para a área dos Escritórios — facto que originou um acentuado incremento no número de transacções. Se do lado da procura temos assistido a um crescimento alavancado pelas multinacionais, que elegem cada vez mais o Grande Porto para se instalarem, também as empresas já instaladas, mas em fase de crescimento, têm interesse em se deslocalizarem para edifícios com melhores infraestruturas.”

 

Porto passou a exercer atractividade no mercado de escritórios

 

Ao longo de 218, a zona Prime da Boavista (zona 1) foi a que concentraram concentrou o maior número de negócios (19), num total de 14.618 m2 transaccionados. Matosinhos (zona 6) e Maia (zona 5) foram também concelhos da Área Metropolitana do Porto com grande dinâmica no segmento, no que respeita aos maiores negócios em termos de ocupação de área.

 

A mudança de edifício e a expansão das empresas foram as principais motivações para a ocupação de área em 2018, num total de 44 negócios identificados, 26 dos quais foram realizados pela Predibisa Corporate. Os sectores mais representativos foram o das “Energias Renováveis e Ambiente”, com o maior número de operações, seguido pelas “TMT’s & Utilities” e o sector de “Serviços Financeiros”, com o maior volume de área ocupada.

Partilhar