NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Observatório do Turismo dos Açores apresenta os resultados do Inquérito de Satisfação do Turista que Visita os Açores, no Inverno IATA 2018-2019.

No Inverno IATA 2018-2019, na sua visita os Açores 53,7% dos turistas elegeram o regime de Alojamento e Pequeno-almoço, 27,1% o Só Alojamento, 5% a Meia Pensão e 1,7% a Pensão Completa. Do total, 46,5% planearam a viagem com entre um a três meses de antecedência, com 34,7% a planear com mais de três meses de antecedência, e 18,8% com menos de um mês.

 

O principal motivo de visita são as viagens de lazer (84,3%). A maioria reservou a sua viagem aos Açores online (46% a conta própria e 32,2% através de operadores e agências online), enquanto 19,3% reservou a viagem através de agências de viagens / operadores turísticos tradicionais. Do total, apenas 17,7% comprou a viagem em ‘last minute’.

 

Nas viagens aéreas, 61,3% optou por voos tradicionais e 36,6% por low cost, com 2,1% a viajar em voos charter. No alojamento, as unidades hoteleiras de 4 estrelas foram as eleitas pela maioria dos visitantes em todas as ilhas, à excepção do Corvo, onde a maior parte dos turistas ficou em Alojamento Local.

 

Dos 35,20% de visitantes que optaram por pacotes turísticos na sua visita aos Açores, a média de preços fixou-se em valores superiores aos 5000€, uma média que se altera para entre os 500 e os 900€ para os portugueses que optaram por pacotes (15,3%). Na avaliação económica ao destino, 62,4% considera o preço justo.

 

O arquipélago foi a primeira opção para 73,7% dos seus visitantes, sendo que 67,2% revela que quer regressar e 82,3% afirma que vai recomendar o destino. Nos aspectos a melhorar, 43,3% aponta os horários dos transportes públicos, 29,1% a sinalização turística nas estradas e 27,6% a fraca divulgação de eventos culturais.

 

No Inverno passado, a média de idades dos turistas que visitaram o arquipélago fixa-se entre os 35 e os 44 anos, sendo que a divisão de género se encontra equilibrada com 50,5% dos visitantes a ser do sexo masculino e 49,5% do sexo feminino. A nível global, o rendimento médio mensal do agregado familiar situa-se abaixo dos 2000 euros.

 

Mais de metade (53%) dos visitantes aos Açores são casados, 29,8% solteiros, 11,2% vivem em união de facto, 4% são divorciados e 2% viúvos. Na sua viagem aos Açores, 48,6% dos turistas fizeram-se acompanhar pelo esposo/companheiro, 27,7% por familiares, 11,20% por amigos, sendo que 8,5% destes turistas viajaram sozinhos e 4% em grupo.

 

O Inquérito de Satisfação do Turista que Visita os Açores é elaborado regularmente, com o intuito de identificar a opinião dos turistas que visitam o arquipélago e medir o seu grau de satisfação, com base numa amostra de 1.847 inquéritos realizados.

Partilhar