NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

"A praia é tão comprida e larga, que vai mudando de nome", diz o El País.

Para o jornal espanhol, a Costa da Caparica é vista como uma única praia, já que as caraterísticas que tornam única esta zona de Lisboa são comuns a toda a extensão quinze quilómetros “ de areia fina e mar bravo”, como se lê na publicação.

 

Este é o mais recente exemplo dos muitos casos em que Portugal é falado ‘lá fora’, e é nos sempre interessante ver os recantos nacionais aos olhos de estrangeiros que nos visitam, mesmo que aconteça focarem-se nos pontos mais turísticos ou ignorarem aspetos que, para os portugueses, tornam certas zonas do país um pouco menos encantadas.

 

Não é este o caso das praias da Costa da Caparica, sobre as quais o El País faz por apontar o moroso acesso feito pela ponte 25 de abril principalmente ao fim de semana. Ainda assim (e a maioria dos lisboetas irá concordar) vale a pena o esforço do caminho de carro, que é compensado por um dia de praia com sol e ambiente de excelência que faz deste local “o único éden que se pode encontrar em agosto próximo de uma metrópole”.

 

Haverá maior luxo do que uma extensa praia a ‘dois passos’ da confusão urbana e que se divide apenas por pontuais escolas de surf, cafés ou restaurantes vegetarianos, que em nada destoam a paisagem com vista digna de filme?

Partilhar