NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Em 2018, Portugal recebeu mais de 315 mil turistas chineses, com o crescimento médio anual dos últimos três anos a fixar-se em 25%. Razão para se manter uma relação "cada vez mais próxima" com a China.

A Beijing Capital Airlines inaugura na próxima semana a ligação entre Lisboa-Xi’an-Pequim, uma rota aérea que, segundo o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, resultou do esforço diplomático entre os dois países.

 

“A nova rota vai permitir que não só turistas, mas também empresários, investigadores, professores e estudantes universitários encontrem forma de ir de um território para o outro”, disse o governante, durante a cerimónia oficial de inauguração da rota, que decorreu segunda-feira em Lisboa.

 

A nova rota, anunciada no mês passado por fonte da empresa à agência Lusa, arrancará com três frequências semanais a partir de dia 30 de agosto e vai substituir a ligação direta entre Hangzhou, costa leste da China, e Lisboa, com paragem em Pequim, suspensa em outubro do ano passado. Será operada por aviões Airbus A330, com capacidade máxima para 440 passageiros.

 

Durante a cerimónia, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, destacou igualmente a importância da parceria Portugal-China, lembrando que em 2019 se celebrará o 40.º aniversário do estabelecimento oficial de ligações diplomáticas entre os dois países.

 

Recordou também que em 2018 Portugal recebeu mais de 315 mil turistas chineses, num crescimento médio anual nos últimos três anos de 25%, o que motiva a manter uma relação “cada vez mais próxima” com a China e todos os parceiros.

 

Luís Araújo citou ainda os números recentemente divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) a dar conta que, nos primeiros cinco meses deste ano, a China é o segundo país com maior crescimento para Portugal, de 17,1%.

 

“A existência de boas ligações aéreas é fundamental para o crescimento do número de turistas que nos visita”, defendeu.

Partilhar