NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Navigator e Associação de Editores vão oferecer um saco em papel a todos os visitantes da Feira do Livro de Lisboa. Objetivo é substituir os sacos em plástico e reduzir pegada ecológica.

A The Navigator Company e a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) vão oferecer um saco em papel a todos os visitantes que adquirirem livros da próxima edição da Feira do Livro de Lisboa, que se realiza entre 29 de maio e 16 de junho.

 

“Ao todo, são 60 mil sacos em papel que a The Navigator Company irá entregar aos vários livreiros presentes na Feira para que os possam partilhar com cada visitante no ato da aquisição dos livros, permitindo-lhes assim o transporte dos vários exemplares num único saco amigo do ambiente, feito em material natural de origem renovável e com elevada reciclabilidade e biodegradabilidade”, anunciou a Navigator em comunicado.

 

Com este passo, a empresa e a entidade organizadora do evento procuram reduzir a pegada ecológica associada à Feira que no ano passado recebeu meio milhão de visitantes. A operação pretende igualmente “apelar, através do novo suporte em papel que substitui os tradicionais sacos em plástico” para a “adoção de atitudes que salvaguardem o futuro do ambiente”.

 

“Ao assumirmos esta parceria com a APEL e ao proporcionarmos a oferta de 60 mil sacos de papel para que os visitantes transportem os livros adquiridos, estamos certos que este nosso contributo irá alertar a sociedade para a importância da sustentabilidade”, sublinha António Quirino Soares, diretor de marketing da Navigator, no comunicado.

 

A empresa lembra ainda que a indústria papeleira já não utiliza madeira proveniente de florestas naturais, antes de árvores plantadas especificamente para a produção de papel e que este é hoje um dos produtos mais reciclados da Europa, com uma taxa de reaproveitamento de 72,5%.

Partilhar