NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Com 0% plásticos, 0% micro-plásticos e 0% alumínio, Rui Nabeiro anunciou que a empresa tem como objetivo transformar os cartuchos atuais de café para uns 100% biodegradáveis como parte da nova estratégia sustentável da empresa.

A Delta vai lançar cápsulas de café totalmente orgânicas e biodegradáveis este ano. Este lançamento insere-se na nova estratégia de sustentabilidade da empresa produtora de café.

 

“Hoje vamos falar de sustentabilidade em todas as vertentes: económica, social, ambiental” foi assim que o presidente da Delta Rui Miguel Nabeiros deu início à apresentação da nova cápsula de café Delta Q, 100% orgânica e biodegradável, esta quarta-feira, 15 de maio, em Lisboa.

 

As novas cápsulas de café da empresa estão agendadas para dar entrada no mercado ainda este ano e foam desenvolvidas pelo Centro de Inovação do Grupo Nabeiro, a Diverge, em conjunto com parceiros externos e Centros de Investigação nacionais.

 

Com 0% plásticos, 0% micro-plásticos e 0% alumínio, Rui Nabeiro anunciou que a empresa tem como objetivo transformar a totalidade dos cartuchos atuais de café da empresa para uns 100% biodegradáveis e mais amigos do ambiente.

 

“As cápsulas têm 90 dias de validade e é a primeira com tripla certificação em sustentabilidade”, explicou o CEO. “Será lançada para o mercado com um blend novo, ao qual chamamos ECO: da natureza para a natureza”, vincou.

 

O cartucho é feito de BioPBS, ou seja, de um material de base biológica e vegetal, constituído por cana-de-açúcar, mandioca e milho. Já a embalagem do novo produto é feita a base de cartão totalmente reciclável, com certificação FSC (que assegura que o produto provém de uma floresta gerida de forma sustentável) e impressa com tintas biológicas.

 

“O café será de origem biológica e será lançada no mercado ao longo do segundo semestre deste ano”, explicou. “Queremos assumir um compromisso de em 2025 ter 100% das nossas cápsulas já neste formato biodegradável”, anunciou ao público.

 

A apresentação da estratégia decorre este quarta-feira na Estufa Fria, em Lisboa e conta com a presença do Primeiro Ministro António Costa, o Ministro da Economia Siza Vieira e o fundador da Delta Cafés e Comendador Rui Nabeiro.

 

Para além das cápsulas sustentáveis, a Delta Cafés pretende reforçar a frota elétrica da empresa, “atualmente 20% da frota comercial é elétrica, sendo que 100% da frota em Lisboa é elétrica”, explicou. “Em 2025, queremos ter 100% da nossa frota comercial ativa elétrica”, acrescentou o CEO.

Partilhar