NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O mercado transacional português registou no primeiro semestre 162 transações, entre anunciadas e concluídas com um valor total de EUR 7,58bi, segundo o TTR – Transactional Track Record. Isto representa uma redução de 23 por cento no volume de transações, em relação ao mesmo período de 2019.

O segundo trimestre foi o responsável pela reversão da tendência de crescimento que o mercado apresentava no período de incerteza gerado pela pandemia COVID-19, já que no primero trimestre houve um volume de transações maior do que o do primeiro trimestre de 2019.

 

Os setor mais ativo deste primeiro semestre é o Imobiliário com 51 transações, o que representa um aumento de 28 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior. A maior parte das transações, 41, se concretizaram no primeiro trimestre.

 

Foram registradas 55 transações envolvendo empresas estrangeiras na aquisição de empresas portuguesas neste primeiro semestre, o que representa uma redução 41,5 por cento em relação ao primerio semestre do ano passado. O volume de transações deste tipo, tem histórico de crescimento anual desde 2016.

 

No primeiro semestre, os fundos de Private Equity realizaram dez investimentos, o que representa uma redução de 60 por cento em relação ao mesmo período de 2019. Apenas três transações tiveram seus valores divulgados que somaram EUR 812m.

 

No primeiro semestre, os fundos de Venture Capital realizaram 27 investimentos, o que representa uma redução de 23 por cento em relação ao mesmo período de 2019. Destas transações, 25 tiveram valor divulgado que somaram EUR 122m.

Partilhar