NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O júri, reunido na Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), decidiu, por consenso, atribuir o Prémio Design de Livro 2020 ao atelier R2 pelo design do livro Arquivo Diogo Seixas Lopes, com edição de André Tavares, publicado pela Dafne Editora e impresso pela Norprint – a casa do livro.

As Menções Honrosas foram atribuídas a Joana Durães pelo design de Ce qu’il reste, e ao Atelier Carvalho Bernau, pelo design de Irma Blank.

 

A seleção do júri, composto por Sílvia Prudêncio, Miguel Wandschneider, Rui Costa e Rui Silva, partiu do pressuposto de que «o design não deve ser considerado independentemente de aspetos da conceção e fabricação do livro que com demasiada frequência são considerados exteriores ao design, mas de que o/a designer não se deve alhear», tendo considerado «importante a articulação do design com o trabalho de seleção e organização dos conteúdos do livro». Foram também considerados «outros aspetos que afetam a função e o funcionamento do livro, como o tipo e a gramagem dos papéis, ou a qualidade da encadernação», tendo o trabalho tipográfico sido «objeto de especial atenção».

 

Com vista à competição internacional Best Book Design From All Over the World 2021, da fundação alemã Buchkunst, foram ainda escolhidos mais 17 livros:
Amanhã não há arte, com design de Márcia Novais; Post Millenium – Critical essays on contemporary tensions – We would prefer not to – Resistance & Resilience (vol. 3), com design de esad-idea, investigação em design e arte; Building views on Alvar Aalto, com design de Ana Resende e João Novais; Colagem / coragem – sobre a consciência das mãos, com design de ilhas estúdio; Fiction Practice, com design de Joana Pestana e Max Ryan;
Quando alguém morria perguntavam apenas: tinha paixão?, com design de Isabel Duarte; Frontiere, expressões de design contemporâneo, com design de Degrau; Páginas inquietas: sobre documentos insubmissos, com design de Sofia Gonçalves; Steve Paxton, com design de Sofia Gonçalves; A imagem da palavra / L’image de la parole, com design de Pedro Nora; Acéfalanterna, com design de Studio Maria João Macedo; Lixo de Pinho, com design de Studio Maria João Macedo; Elephant, com design de André Príncipe; environements, com design de Nuno da Luz; Artur Jafa. Uma série de prestações absolutamente improváveis, porém extraordinárias, com design de ATLAS projectos; T2019, com design de Marco Balesteros; Shaping shape, com design de And Atelier (João Araújo & Rita Huet).

 

O Prémio Design de Livro é uma iniciativa da DGLAB. Foi criado por Despacho do Ministro da Cultura em novembro de 2017. Através deste prémio, pretende-se valorizar áreas de criação diretamente ligadas à produção do livro na sua qualidade de objeto físico. Anualmente, os livros selecionados participam no prémio internacional Best Book Design All Over the World, da Stiftung Buchkunst.

Partilhar