NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os voos directos entre a ilha Terceira e Toronto (Canadá), operados pela companhia aérea açoriana Azores Airlines, do grupo SATA, vão estender-se ao Inverno 2019/2020, anunciou hoje o Governo Regional dos Açores.

“A partir do próximo dia 5 de Dezembro será iniciada uma operação aérea de ligação entre Toronto e a Terceira. Esta operação é levada à prática pela Azores Airlines e decorrerá até ao dia 22 de Outubro de 2020”, adiantou a secretária regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha, em Angra do Heroísmo, numa conferência conjunta com a secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Guerreiro.

 

No total, serão realizadas entre Dezembro de 2019 e Outubro de 2020 mais 30 rotações do que em igual período no ano anterior, o que corresponde a mais 11.160 lugares e a um aumento de 176%.

 

“Serão oferecidas 47 rotações, correspondendo a 94 voos entre Toronto e a Terceira, 17 dos quais no Inverno e 30 no Verão”, avançou Ana Cunha, acrescentando que no total serão disponibilizados 17.484 lugares.

 

O executivo açoriano vai ainda lançar um concurso público para a realização de acções de 'marketing' e de promoção do destino junto do mercado canadiano, mas não são conhecidos ainda os valores do investimento.

 

“O mercado norte-americano é um dos mercados identificados no PEMTA [Plano Estratégico e de Marketing para o Turismo dos Açores] como um dos mercados estratégicos”, frisou a secretária regional do Turismo, destacando o crescimento já verificado no número de turistas e nas receitas provenientes desse mercado.

 

Nos primeiros três meses de 2019, a ilha Terceira registou uma quebra de 17,3% nas dormidas nos diversos tipos de alojamento existentes, contrariando o crescimento de 11,4% registado em média no arquipélago.

 

A descida, justificada sobretudo com a suspensão dos voos directos entre a Terceira e Madrid (Espanha), motivou críticas de empresários e de partidos da oposição.

 

Marta Guerreiro criticou as “visões mais cinzentas relativamente ao turismo” na ilha Terceira e defendeu que o destino tem “potencial”, necessitando apenas de “empenho, dinamismo comercial, cooperação e esforços de todos”.

 

A governante assegurou que a ligação directa a Madrid será “retomada ainda este ano” e lembrou que entre Fevereiro e Maio foram registadas 1.600 dormidas na hotelaria tradicional da ilha, na sequência de campanhas desenvolvidas em parceria com operadores nacionais.

 

A secretária regional do Turismo destacou ainda o acordo interline virtual, da Azores Getaways, que disponibiliza, até Mmarço de 2020, pacotes e voos combinados entre a Delta Airlines e a SATA Air Açores, para que os passageiros que voam para Ponta Delgada (S. Miguel) possam chegar às restantes ilhas.

 

A companhia norte-americana Delta Airlines efectua voos diretos entre Nova Iorque e Ponta Delgada, todos os dias da semana, até 4 de Setembro.

 

“No Verão do ano passado, mesmo sem o interline, cerca de 8% dos passageiros desta rota visitaram a ilha Terceira”, apontou Marta Guerreiro.

Partilhar