NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A localização geográfica e a estabilidade política fazem do Senegal a porta de entrada por excelência nos mercados emergentes e em desenvolvimento da África Oeste.

A AEP – Associação Empresarial de Portugal e um grupo de cinco empresas portuguesas participam na SENCON (Salon International de la Construction, de la finition et de l`infrastructure), que decorre na capital do Senegal, Dakar. As empresas que integram a comitiva são: Carfel (máquinas para a indústria extrativa e para a construção), Belsolar (equipamentos para a construção e energia solar), Ilmar (máquinas para a produção de artigos de cimento), Politejo (chapas, folhas, tubos e perfis de plástico) e Metalúrgica do Tâmega (máquinas para as indústrias extractivas e para a construção).

 

O Senegal está integrado na União Económica e Monetária dos Estados do Oeste Africano e na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, plataformas de entrada para um mercado regional que ronda os 400 mil milhões de dólares (360 mil milhões de euros) e os 250 milhões de consumidores.

 

Em comunicado, a associação, que se estreou na edição de 2017 da SENCON, salienta o crescimento da presença das empresas portuguesas, o que potencia o desenvolvimento de contactos comerciais com esta região de África.

 

No Senegal, a AEP desenvolve, desde 2014, iniciativas diversas, com destaque para a participação em feiras e em missões empresariais, que já envolveram dezenas de empresas portuguesas. Em Portugal, desde 2015 que a AEP organiza o Fórum de Negócios Portugal-Senegal / Missão Inversa de Compradores, que vai já na 4ª edição.

 

O Pavilhão de Portugal no certame é organizado pela AEP em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Portugal – Senegal e África Ocidental e o Grupo Senegal Business Cluster.

Partilhar