NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Devido à situação sanitária que se vive no mundo e particularmente em Portugal, a 15ª edição do Portugal Exportador, que se previa realizar em formato híbrido, será 100% digital.

Desde há uns meses que o mundo, em geral e Portugal em particular enfrentam uma situação excepcional que coloca tremendos desafios diários.

Deste modo e tendo em conta “o sentimento de comunidade, de partilha de vida em comum, e do esforço colectivo para enfrentar e ultrapassar esta pandemia e tendo em conta  “estado de emergência” decretado, as entidades parceiras do Portugal Exportador, nomeadamente a Fundação AIP, o NOVO BANCO e aicep Portugal Global “decidiram, na sequência da notificação recebida da Autoridade de Saúde, onde se informa que, no decorrer do Estado de Emergência em vigor em Portugal, não ser possível realizar a vertente presencial do evento”.


Assim, a 15ª edição do Portugal Exportador, que se previa realizar em formato híbrido, será 100% digital.

No comunicado da AIP pode ainda ler-se que “esta decisão leva-nos a adoptar um conjunto de desafios que, em conjunto com a participação activa de todos os participantes no evento – parceiros, expositores, visitantes, oradores e dinamizadores - , serão ultrapassados de forma profissional permitindo que o evento se revista do maior sucesso”.

Assim “todos os participantes, independentemente da tipologia em que inicialmente se inscreveram,” terão acesso ao Portugal Exportador Digital.


Informa ainda que já foi enviado o acesso ”à plataforma Swap Card, onde podem iniciar a marcação de reuniões com expositores e restantes participantes, além de selecionarem as actividades que pretendem assistir e participar activamente, sejam elas workshops, mesas redondas, cafés temáticos”.
E acrescenta ainda que : “pedimos, pois, que verifiquem a vossa caixa de correio (incluindo o spam)”.


A utilização da plataforma não se esgota no dia 18 de Novembro, sendo possível manter contactos com os outros participantes, posteriormente.


Estamos certos que, face à actual situação de pandemia, com o dever de nos protegermos uns aos outros, compreenderão que esta é a decisão certa para respondermos à situação extraordinária com que nos confrontamos e que juntos, com determinação e profissionalismo, conseguiremos que o Portugal Exportador se revista do maior sucesso.

Partilhar