NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Smurfit Kappa intensificou a produção nas suas fábricas de soluções de embalagem de cartão canelado para fazer face às atuais circunstâncias e garantir o fluxo de fornecimento de produtos básicos à população. A empresa pertence a um setor estratégico para garantir o abastecimento de produtos sanitários, do setor farmacêutico, assim como de primeira necessidade, alimentos, bebidas e limpeza doméstica, a grossistas e retalhistas, para que estes, por sua vez, possam fazer chegar os seus produtos ao consumidor. Perante esta situação, o papel e atitude de todos os trabalhadores da empresa é de total exigência e compromisso.

A empresa tem ativo, já há algumas semanas, um plano de contingência destinado a proteger a continuidade das suas operações, com o objetivo de responder à procura de fornecimento dos seus clientes. Todas as suas operações na península, além disso, possuem a certificação BRC, o que garante a segurança alimentar e evidencia as vantagens do cartão para o setor alimentar.

 

A Smurfit Kappa seguiu, e continua a seguir rigorosamente, todas as recomendações dos governos e das organizações sanitárias e, por isso, tem em vigor um conjunto de medidas de prevenção destinadas a proteger a saúde dos seus trabalhadores e garantir a sua segurança, assim como a de todos os seus fornecedores, clientes e restantes colaboradores. Com todos eles estamos, precisamente, em permanente comunicação, para que estejam sempre informados sobre o que acontece nas unidades de produção e conheçam as últimas indicações definidas pelas autoridades competentes para garantir a sua proteção.

 

Nas suas fábricas, todos os seus trabalhadores cumprem estritamente as condições de higiene e distância de segurança necessárias para garantir o abastecimento de soluções de embalagem sem colocar em risco a sua saúde. Além disso, todas as equipas da Smurfit Kappa que não tenham de estar fisicamente nas fábricas ou nos escritórios estão, há já alguns dias, em situação de teletrabalho. A empresa deu-lhes conselhos e recomendações que os ajudam a manter um ambiente saudável e tranquilo em casa durante o seu horário de trabalho.

 

Um fornecimento integrado

 

A Smurfit Kappa dispõe de 245 unidades de produção em 35 países (23 europeus), que produzem um total de 7,5 milhões de toneladas de papel por ano. Possui também 34 fábricas próprias de papel virgem e reciclado que lhe dão a necessária autonomia no abastecimento. Sem esquecer o fornecimento de matérias-primas e de materiais auxiliares dos quais foi feito aprovisionamento. Uma grande infraestrutura que lhe permite satisfazer a exigente procura dos seus clientes durante a atual situação, sobretudo para produtos do setor farmacêutico, de primeira necessidade, limpeza, etc.

 

Ignacio Sevillano, CEO da Smurfit Kappa Espanha | Portugal | Marrocos, garante que a “Smurfit Kappa desempenha neste momento uma função essencial na sociedade, pois, graças às embalagens, assegura o fornecimento de produtos de primeira necessidade. O nosso compromisso neste sentido é máximo perante esta situação extraordinária que estamos a viver, produzindo papel e embalagens que garantem que os nossos clientes podem enviar alimentos, bebidas e medicamentos.

 

Estamos obrigados a dar uma resposta adequada à sociedade, pelo que dispomos de um abastecimento permanente de matérias-primas e trabalhamos para que todos os nossos colaboradores possam operar de forma satisfatória em condições de segurança e saúde particularmente exigentes. Quero aqui reiterar o esforço que toda a equipa que constitui a Smurfit Kappa está a realizar perante esta situação extraordinária. O objetivo é voltar à normalidade… e vamos consegui-lo entre todos”.

 

Por sua vez, Teo pastor, Diretor de Vendas & Marketing da Smurfit Kappa Espanha | Portugal | Marrocos, acrescenta que “o nosso modelo de integração e cobertura geográfica e operacional está concebido para assegurar o funcionamento normal das atividades dos nossos clientes. A todos eles agradecemos o esforço que estão a realizar neste momento crítico que estamos a viver para abastecer toda a população, incluindo a minha própria família. A colaboração e o apoio mútuos permitir-nos-ão ultrapassar esta difícil situação”.

Partilhar