NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

As receitas de hotelaria em Portugal sofreram uma quebra de mais de 30% até 9 de março devido ao surto do coronavírus Covid-19.

O surto do coronavírus Covid-19 já provocou uma quebra superior a 30% nas receitas da hotelaria em Portugal, indicou esta terça-feira a AHP – Associação da Hotelaria de Portugal esta terça-feira.

A associação tem a decorrer um inquérito junto dos seus associados, atualizando os dados numa base diária, assinala o comunicado da AHP.


A associação sublinha que "as taxas de cancelamento estão muito acima das verificadas em anos anteriores". A AHP nota ainda que o efeito do Covid-19 no setor faz-se sentir não apenas nos cancelamentos imediatos, mas também nas reservas futuras, onde os hoteleiros apontam que já registam "importantes cancelamentos".


A AHP apresentará de forma mais detalhada os resultados do inquérito na próxima quinta-feira, 12 de março.


Na segunda-feira, o presidente da Confederação de Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros, considerou insuficiente a linha de crédito de 100 milhões de euros para o setor anunciada pelo Governo.

 

"A linha de 100 milhões vai atenuar mas manifestamente não chega para o que vai acontecer", frisou.

Na reunião do Conselho Europeu que vai decorrer esta terça-feira serão discutidas mexidas temporárias nas regras das ajudas de Estado aos setores mais afetados pelo impacto económico do vírus, nomeadamente o turismo, e ainda na regulação dos bancos de forma a que estes possam adiar o pagamento de prestações de créditos ou tomar outro tipo de medidas para ajudar as empresas afetadas sem prejudicar os rácios de capital que são exigidos pelas autoridades europeias.

Partilhar