NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O chefe do Executivo madeirense espera que a 'Ligação aérea Porto Santo- Madeira' contemple uma aeronave com capacidade de carga e de passageiros, permitindo a 'rodagem' dos turistas pelos campos de golfe regionais.

Miguel Albuquerque regozijou-se, esta terça-feira, com o crescimento de 8% registado pelo Aeroporto do Porto Santo que significa “mais dinheiro, melhor comércio, mais emprego e mais turismo” para a ilha dourada.

 

O presidente do Governo Regional que falava no debate mensal do Parlamento da Madeira considerou que este indicador aliado à taxa de ocupação do campo de golfe local constitui um sinal positivo para a economia portosantense.

 

“O campo golfe é uma infraestrutura muito importante para o desenvolvimento económico do Porto Santo. Se não estou em erro, teve 21 ou 22 mil saídas no ano passado e apresenta a maior taxa de ocupação do país”, declarou.

 

O chefe do Executivo madeirense espera agora que a ‘Ligação aérea Porto Santo- Madeira’ contemple, conforme o recomendado pela Região, uma aeronave com capacidade de carga e de passageiros.

 

“Isso iria permitir que os turistas que visitam o Porto Santo na época baixa pudessem fazer uma rodagem pelos campos de golfe da Madeira, numa viagem curta à ilha, aumentando a atractividade do Porto Santo”, argumentou Albuquerque.

Partilhar