NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O lucro da Sanofi situou-se em 9.281 milhões de euros no primeiro semestre, superior em 8,8 vezes ao reportado em igual período de 2019, devido sobretudo à venda da Regeneron, indicou hoje o grupo farmacêutico francês.

O lucro, excluindo resultados extraordinários, registou um crescimento de 8,7% em termos absolutos e 9,8% numa base comparável, para 3.521 milhões de euros, na comparação com igual período do ano fiscal anterior, refere a Sanofi em comunicado, adiantando que reviu em alta as previsões para o final deste ano.

 

Além de 7.225 milhões realizados com a venda da maioria da participação no capital da Regeneron e dos 313 milhões correspondentes ao resultado da empresa, a Sanofi também encaixou 129 milhões de euros com a venda da Seprafilm à Baxter, lê-se no comunicado.

 

O resultado operacional da farmacêutica, por sua vez, aumentou 9,8% numa base comparável, para 4.683 milhões de euros.

Entretanto, o volume de negócios cresceu 1,6% nos primeiros seis meses do ano fiscal, para 17.180 milhões euros, em termos homólogos.

Partilhar