NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Cerimónia digital premiou os grandes vencedores da 4ª Edição do Altice International Innovation Award, com os primeiros lugares a receberem, na globalidade, o maior prémio monetário atribuído no nosso país.

Entre as mais de cem candidaturas apresentadas ao Altice International Innovation Awards, o Grande Júri reconheceu os vencedores das categorias Startups e Academia e atribuiu um prémio monetário de 50.000 e 25.000 euros respetivamente. O primeiro lugar para Startups foi para o projeto C-mo: The revolutionary cough-monitoring wearable, da C-mo Medical Solutions, enquanto a distinção de Academia foi para o projeto Passive Backscatter Sensors for Internet of Things Applications, da Universidade de Aveiro. A Agência Nacional de Inovação atribui a distinção Born from Knowledge Awards (BfK) ao projeto da C-mo como melhor projeto de base científica e tecnológica.

 

O projeto da startup C-mo consiste num wearable que monitoriza a tosse e que pretende revolucionar a forma como são conduzido diagnósticos de doenças nas quais a tosse é um sintoma (respiratórias e gastroesofágicas), a forma como é monitorizada a progressão de condições predominantemente respiratórias em pacientes crónicos, bem como a forma como é testada a eficiência das terapêuticas implementadas.

 

O projeto que venceu o prémio Academia descreve o desenvolvimento de um sensor passivo que utiliza uma frequência de rádio para a transferência de dados e outra frequência para a receção de energia emitida por transmissores.

Partilhar