NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Existem 310 mil empresas com atividade comercial Portugal. As 20 mil grandes, pequenas e médias de capital português representam 46% das exportações.

Geram 141 mil milhões de euros por ano e criam 39% do emprego do país. Muitas existem há mais de 20 anos e mais de metade tem gestão familiar. São cerca de 20 mil as empresas de capital português que estão a fazer crescer a economia.

 

A análise é da Informa D&B, consultora especializada na análise de informação empresarial. Fora do estudo ficaram as microempresas de capital nacional, que representam 90% das empresas portuguesas e geram 18% do volume de negócios, 6% das exportações e 42% do emprego.

 

A análise conclui que existem perto de 20 mil pequenas, médias e grandes empresas de capital português que representam dois terços do crescimento do volume de negócios do tecido empresarial nacional entre 2014 e 2017.

 

Enquanto o negócio das empresas de capital estrangeiro gerado pelas exportações aumentou 3,9%, o das empresas nacionais cresceu 7,5%.

 

As 20 mil analisadas são responsáveis por 46% das exportações do país, o equivalente a 30 mil milhões de euros. Destas, apenas 3% são grandes empresas. E ao contrário do que acontece com as empresas de capital estrangeiro, onde as grandes companhias estão em destaque, é nas PME que se concentra a maior parte do emprego (76%), das exportações (55%) e do volume de negócios (60%).

 

Entre as principais características das empresas citadas está a longevidade: 51% têm mais de 20 anos. O que liga com o facto de 52% terem gestão familiar. “As empresas familiares registam em geral maior longevidade do que a média do tecido empresarial”, conclui a análise.

 

A atividade da maior parte destas empresas (70%) está ligada aos setores das Indústrias transformadoras, Grossistas, Retalho e Serviços. No setor dos transportes, por exemplo, 51% das empresas são exportadoras. Já nas telecomunicações é salientado um crescimento, entre 2014 e 2017, de 21% nas vendas ao exterior.

 

Citada no estudo, Teresa Cardoso de Menezes, diretora geral da Informa D&B, destaca que estas 20 mil empresas “têm desempenhado um papel crítico no desenvolvimento recente da nossa economia’.

Partilhar